Começando no filme

Boa tarde,

pessoal, é o seguinte,
gosto muito de fotografar e tudo mais, quero uma SLR, mas o orçamento tá passando LONGE de uma DSLR, ai um dia desses, apareceu uma EOS 500N ai, fui lá hoje ver a camera, aparentemente, tá NOVA, parece que nem foi usada direito, e gostei dela, achei ela simpatica.
O cara tá me pedindo R$220 nela, com uma 28-80 AF, o preço acredito que até tá bom, e pra começar, num to podendo gastar, por esse preço me pareceu tentador.

Minha duvida é, e filme pra comprar? É tranquilo? Só pegar e por, e tirar as fotos?
Pq assim, a noção ‘teorica’ de Abertura, Tempo de Exposição eu até tenho, mas e o filme? como fica o ISO?
Quero essa camera essa semana, no MAAXIMO,
se puderem me dar essa ajudinha, fico feliz d+ :smiley:

:snack:

Fala, Jefferson!
Se você curtiu a 500N, pode pegar, porque o preço tá até abaixo da média. A mais barata que vi até hoje estava R$ 250.
Agora, quanto a filmes, a grosso modo, é isso aí mesmo, só pegar, por e “tirar” as fotos. A oferta de filmes ainda é boa, você pode encontrar e usar desde os amadores convencionais de 36 poses por R$ 8, em média, até os melhores profissionais negativos coloridos, PB e slides (esses últimos com preços que podem chegar perto dos R$ 50, um rolo com 36 poses). O mesmo com laboratórios de revelação: pode levar seus filmes desde a relojoaria da esquina que pega hoje e entrega em dois dias, até nos melhores labs da cidade (claro que suas escolhas vão influenciar na qualidade final das cópias).
Já o ISO, não entendi muito bem sua dúvida, mas a 500N aceita desde 25 a 5000 pela leitura automática, ou de 6 a 6400 manualmente.
Qualquer dúvida, só dizer.

Naseh,

valeu pela dica, vou ver se essa semana eu passo lá e pego ela logo. \o/

Em relação ao ISO, na digital você escolhe o ISO e tal, na Analogica, é Manual isso tambem?
Se ficar no Full Manual? E isso vai influenciar na quantidade de luz captada pelo filme? Ou o ISO é fixo no filme?

jefferson, cada filme tem um ISO.
Vc vai com o mesmo ISO do início ao fim do rolo.

Rogerio,
mas digo,mudar isso na camera,tem como ?
Por exemplo, por um Filme ISO400 e tirar a foto com ISO 1200?
Essa é minha duvida.

Eu to ficando impolgado com essa brincadeira viu.

jefferson, tem sim, com certeza.
Se não me engano nestas SLR mais recentes a máquina já lê automaticamente o ISO do cartucho.

Algumas máquinas reconhecem automaticamente o ISO do filme. Voce pode regular a máquina para fotometrar como se estivesse utilizando um ISO diferente, mas na hora de revelar é necessário avisar o laboratório, para que mudem o processamento.

Olá Jefferson,

Só ressaltando, o que o Marcos disse… isso é chamado de Puxar o Filme, mas você tem que usar o mesmo ISO desde o início até o fim do filme. E vale a pena conferir antes no laboratório, se tem como eles revelarem o filme, que foi puxado.

Abraço

Então, Jefferson, é isso aí o que a galera falou.
Jogando todas as informações acima, do pessoal, na 500N, você coloca o filme nela, ela faz a “leitura” e já coloca o ISO certo, e isso não importa se você usar a câmera no total automático, em algum dos dois programas de prioridade, ou no total manual. E você pode a qualquer momento usar tanto a câmera no automático, como no manual, que o ISO vai estar sempre lá bonitinho.
Claro que você pode manualmente informar outra sensibilidade: pegar um filme ISO 100 e colocar na câmera 400, que é puxar o filme, como o Elias bem disse.
Só que, diferente das digitais, isso não pode virar o samba do crioulo doido. Uma vez definido o ISO, e isso se define antes de fazer a primeira foto, mantenha o mesmo sempre!
Bom, só repeti tudo o que a galera já tinha dito! Haha… :assobi:

Beem esclarecedor pessoal,

agora não vejo a hora de pegar a camera logo.
Será que meu coração aguenta essa semana?
HAHAHA

Valeu d+ pelas dicas \o/

:ok:

Só pra acrescentar, quando puxamos o filme, a latitude diminui bastante, e o contraste e o grão aumentam também. Portanto é preciso ter mais cuidado na exposição!
Boa sorte com a câmera e não deixa de postar as fotos depois que tirar!
abraços
Alberto

Essa câmera está num preço bom, tenho procurado ela, e vi numa loja por mais do que esse preço aí.
A propósito ela possui datador ? Esse modelo chega a ser melhor do que a Canon EOS 3000N Date ?
Agradece,

Max

pensando em economizar…calcule o quanto vai gastar em filme e revelação - principalmetne em PB pode sair bem caro a brincadeira…claro que uma maquina analogica tem uma vida util mais longa que as digitais…mas faça o calculo…
tem como comprar filme mais barato, rebobinado (em grandes quantidades) …
bem…pra mim, foi este fator que me afastou dos filmes…mas por outro lado…tem muitos fatores positivos na minha opiniao…

Se vc comprar uma lente boa e nova para uma DSLR hoje, não irá gastar menos de R$ 3000,00. Se comprar uma lente manual antiga boa irá gastar uns 300 reais. Sobra aí uns 2700 reais para você torrar com filmes…rs. Um filme de 36 poses mais a revelação fica por volta de 25 reais aqui em BH. Fazendo os cálculos, com 2700 reais você terá 108 rolos de filmes com a revelação. Se você quer qualidade e não quantidade e considerando que gaste um rolo de filme por mês então serão 9 anos de fotografia com filmes. :smiley:

Bem…estou extrapolando mas, na realidade, fotografia é um hobby caro. Seja no digital ou analógico não tem como economizar muito. Escolher entre os dois (filme ou digital) é mais uma questão de opção (gosto) pessoal.

Um Provalue 200 revelado sai por R$ 10. Menos de R$ 0,30 por frame.
A 50mm/1.4 da minha AE-1 se acha por menos de R$ 200.
Eu não acho caro fotografar com filme.

Estou pensando numa TLR. Aí sim a brincadeira fica um pouco cara, mais de R$ 1 por frame.

Bom, em SP pra revelar só o negativo em PB ou cromo é 15 pilas…mais 15 para digitalizar…mais ir ate o laboratorio que o faça, mais ir buscar…
estou sendo advogada do diabo, porque prefiro muito mais fotografar em filme, estou me esforçando muito para me adaptar ao digital…e de fato, a camera analogica pode durar para sempre ao meu ver…e uma digital em 9 anos…

Os custos do filme vão de acordo com o seu gosto e poder de investimento.
Temos opções que agradem todos os bolsos…

Tem gente que só quer fotografar com PB pancromático ou cromos. Daí a coisa fica cara mesmo, porque no Brasil é filmes como esses só de R$ 20,00 pra cima e só a revelação já é mais cara (sem contar digitalização ou ampliação).

Dá pra fotografar com película gastando pouco.
Eu mesmo gasto no máximo 10,00 por filme… Pago 7,00 mangos num Provalue 200 + 3,00 reais da revelação.
Pego os negativos e faço toda a digitalização em casa (até porque não tenho saco nem mesmo espaço para ficar guardando fotos ampliadas).

Quando quero gastar um pouco mais, faço uns PBs pancromáticos e mando para revelar em Sampa.
Volta o negativo revelado e digitalização em casa de novo.

Hoje em dia então a coisa está bem mais fácil.
Os filmes mais caros tenho comprado todos no ebay.
Enquanto um reala 100 sai por R$ 18,00 aqui, se compra pela metade do preço lá fora.
Em cromos e PBs fica ainda muito mais barato. Coisa de 30 a 40% do valor pedido no Brasil.

Essa semana mesmo comprei um pack de 5x Fujicolor PRO800Z no ebay ao custo de R$ 72,00.
Tive um custo de R$ 14,40 por filme. Só pra dar uma idéia, na diafilme tem Superia 800 sendo vendido R$ 21,71 (e olha que a linha superia está longe de ter a qualidade de grãos e cores da linha profissional).
Tenho certeza que esse filme não sairia por menos de R$ 35,00 aqui.

:ok:

Rodrigo, vc está certíssimo.
Filme tem para todos os bolsos.
Desde Provalue para 35mm (uns R$ 0,30 por frame revelado), até cromo médio formato (uns R$ 4,00 por frame revelado).

Putz, aqui em BH fica em R$ 7,00 a revelação de um PB 135. Se fosse R$ 15,00 como aí em SP eu preferiria revelar tudo em casa mesmo. :no:

Depende bastante do lugar. As ultimas que eu fiz foram R$ 17. O seu Ogava, no centro, faz por R$ 8. :ponder: Vou tentar dar uma passadinha lá…