Distancia HiperFocal

Ae pessoal ! Vi nesse site p/ calcular distancia hiperfocais p/ qualqer camera.

Online Depth of Field Calculator (bom site!! recomendo a todas)

lá vc coloca os valores e sai os resultados prontos com 1 cliqe…

Ex 1: (canon a95)

Modo 1
Focal Lenght - 7.8
Abertura - F/5.6
Subject distance - 2 metros

resultado : 0.95 m → Near limit of acceptable sharpness
infinity → Far limit of acceptable sharpness
1.8m —> Hyperfocal distance

Modo 1 (mas com 1 metro) de subject distance
resultado :

0.64m -->Near limit of acceptable sharpness
2.24m -->Far limit of acceptable sharpness
1.8 Hiperfocal distance.

Oq qer dizer essas distancias?? Isso Ajuda em q na hora de Fotografar?

Outro Ex q coloqei foi : Focal lenght 23.1 , F/2.8 , Subject Distance 2m
resultado: 1.74m Near Limit , 2.35m Far Limit , 13.4 Hiperfocal Distance.

Obrigado a ajuda !!! :slight_smile: abraços

Fotografar em hiperfocal é uma forma de deixar tudo nítido na foto. Isso é muito usado em fotos de paisagem ou de contextos ao ar livre onde se queira foco no primeiro plano e no fundo.

Na fotografia com câmeras compactas digitais se você usa diafragmas fechados, na prática você trabalhará em hiperfocal ou perto disso. Nem precisa de tanto cálculo, basta focar um pouco à frente do objeto e tudo ficará nítido mesmo. Nas compactas a luta é para desfocar, e não para focar.

Essa parte da coisa é mais aplicável em DSLRs, câmeras 35mm e médio formato, essas sim precisando muita previsão para ter nitidez em profundidade. Mesmo assim as câmeras apresentam escala de profundidade de campo na lente, e basta observar a escala para ter fotos com foco previsto.

Por exemplo, fotografando com a minha Kiev tive durante um tempo o telêmetro desregulado, mas isso não me preocupou nada, pois avaliava a distância a olho e escolhia uma distância para foco tendo em mente que essa abrangesse o que eu realmente queria botar em foco, seguindo meramente a escala na lente.

Ivan

A distância hiperfocal é a distância que tem a maior profundidade de foco, que vai de 1/2 da distância até o infinito. Depende da abertura, do círculo de confusão e da distância focal da lente.
No 1o exemplo voce colocou distância focal da lente 7,8mm e abertura f5,6. Com estes parâmetros a distância hiperfocal é de 1,8m, ou seja, se voce colocar a câmera em foco manual nesta distância tuda que estiver entre 0,9m e o infinito vai estar em foco. E esta é a principal aplicação, otimizar o foco manual. Voce não precisa nem olhar no viewfinder, só saber qual a hiperfocal da sua lente.
No outro exemplo

Focal lenght 23.1 , F/2.8 , Subject Distance 2m resultado: 1.74m Near Limit , 2.35m Far Limit , 13.4 Hiperfocal Distance
Com estes parâmetros o foco aceitável está entre a distância citada e seu voce colocar o foco em 13,4m voce vai focar tudo que estiver entre 7,7m e o infinito. Fica muito difícil voce saber a hiperfocal de todas as suas lentes, e as zoom então... Este programa tem para Palm e vocee pode levar quando for fotografar, mas com as digital compactas voce não precisa se preocupar com isto, pois elas tem muita profundidade de foco.
Fotografar em hiperfocal é uma forma de deixar tudo nítido na foto. Isso é muito usado em fotos de paisagem ou de contextos ao ar livre onde se queira foco no primeiro plano e no fundo.
Ivan não fica tudo nítido no hiperfocal não. Na verdade no hiperfocal a profundidade de campo começa em um ponto e termina no infinito, mas na hiperfocal tbm temos profundidade de campo e o primeiro plano fica comprometido.

Claro, Leo. Mas se começa em 90 cm e termina no infinito, isso é o mesmo que dizer TUDO. O resto é preciosismo. Aliás, eu não disse que tudo pode ficar nítido, e sim que tudo pode ficar nítido NA FOTO, isto é, considerando a composição que aproveita essa profundudade de campo. Na prática, Leo, se você pega uma lente de 35mm e faz f22 (tendo luz para isso, é claro) e foco a uns dois metros, pode fotografar à vontade que vai ficar tudo direito.

Se quisermos ser muito exatos também, profundidade de campo não é foco, e as coisas ficam apenas satisfatoriamente nítidas.

Agora, numa compacta com a pequena distância focal, isso é excesso de zelo. O cara vai ter de lutar para conseguir desfocar alguma coisa -risos.

Ivan

PS: acabei de verificar: com minha 50mm na Kiev, com foco em 2.5m eu consigo profundidade de campo entre 1,3m e infinito. Como a câmera começa a dar foco em 1,15m, a diferença entre a profundidade de campo e “TUDO” são os primeiros 15cm -risos.

Em compensação tem lente que dá de 50m a infinito, tem lente que dá de 10m a infinito, não é tanto preciosismo, lentes que teriam foco a 50cm passando a estar em foco com 10m é bastante considerável, estou falando isso porque o Gustavo teve problemas com isso a algum tempo e discutimos bastante o assunto pelo MSN e fiz os cálculos para a lente dele e em dadas distâncias focais ele chegava a ter hiperfocal com a profundidade de campo.
Veja que uma 100mm em uma câmera APS/C com abertura f/4 teria hiperfocal em 437.5 pés com profundidade de campo de 218.75 pés a infinito, convertendo aproximadamente para metros teriamos 72m de início da profundidade de campo, eu considero uma medida considerável. Mesmo usando f/22 teríamos 13m nestas condições de início da profundidade de campo, ou seja, estaríamos muito longe dos 90cm e na minha opinião são distâncias bem consideráveis. :confused:

Com que abertura vc considerou a Kiev? Pq para calcular a profundidade de campo preciso saber a abertura, com f/4.0 em uma 6X6 uma 50mm iniciaria a profundidade de campo com uns 5m aproximadamente.
Em uma UZ a 70mm em f/4.0 tbm teríamos absurdos 726.1 pés de hiperfocal e 363.0 de distância de início do intervalo tolerável da profundidade de campo, ou seja as imagens só estariam relativamente nítidas a partir de 120m de distância da câmera, nas compactas o problema é tão grave quanto nas demais. :confused: