Fora de foco assim, dá para usar? Clientes gostam?

20180303-DSC_4358 by Thales Souto, no Flickr

Como não faz parte da minha estética usual, eu prefiro ficar na defesa, então eu não entregaria essa foto, mas conheço alguns fotógrafos que buscam identidade em fotos assim.

Então, se o fotografo já tem um portfólio explorando fotos assim, acho tranquilo. Mas se não é algo usual ocorre que entregar foto assim é torcer pra não arrumar problema.

As pessoas que tem apreço e uma relação direta de amor com o menino, podem valorizar a espontaneidade do momento. Mas mesmo que o cliente goste, haverá alguém no rol de amigos e parentes aqueles que não vão achar bacana, e vão até pensar que é um erro/defeito do fotógrafo.

Pro meu trabalho também não dá… Eu não entrego.
Principalmente nessa imagem especificamente, acho que não dá…
Se fosse um sorriso daqueles impagáveis, até vá. Ainda assim, acho que ela deveria sofrer um tratamento valorizando mais as luzes e flares, talvez tons mais quentes… Algo que dê um ar mais surreal. Pelo menos, pro meu gosto, daí até justifica um desfoque…

Não gosto de imagens com esse leve desfoque, seja proposital ou não.

Dá impressão que não estou olhando direito para a foto, em fim, para os meus trabalhos prefiro não usar.

Enviado de meu XT1650 usando Tapatalk

Também não.

Não passa nem como o famigerado “efeito vintage”

Eu também não gostei mas, por exemplo, minha esposa e a amiga delas gostaram. Talvez nossos olhos estão treinados para uma certa condição mas muitas vezes as pessoas comuns não ligam para detalhes como esse.

Bom, eu gostei bastante da foto e discordo que profissionalmente dependa de estética para ser apresentada.

Ao menos ao meu ver:

Momento > Foto perfeita

E além disso a foto esta levemente desfocada, mas aparenta ter falta de contraste e nitidez macia, fico imaginando a turma aqui do fórum se revirando com minhas fotos com a Jupiter 9, sem nitidez e sem contraste.

No caso especifico de ter uma ligação afetiva/emocional com a pessoa da foto, o cliente pode gostar. Mas isso é pura sorte ao meu ver.

Pelo lado do fotógrafo, acho que fica a mesma impressão daquela foto colorida que saiu uma caca e o cara converteu para PB e aplicou mil efeitos para tentar salva-la e transformar um erro em um “feature”

Em relação ao foco, eu receberia essa foto com gosto se fosse o cliente…, um belo momento de criança sendo criança!
Uma coisa que me incomoda mais que o foco, e o fato de ter mais área nas costas do personagem do que a frente.

Abs
M Rezende

Acho que pode usar sim.
Mas no contexto geral é uma foto que vai passsar batida porque as fotos mais gostadas serão as que estarão em foco e que mostrem o evento na sua plenitude.
É isto que as pessoas buscam e esperam como recordação.
Esta foto pode entrar como um extra, mas não pode ser o mote.

Apesar de me agradar a foto, não entregaria, prefiro também entregar as com o foco mais preciso. :ok:

Não li toda a discussão, mas ao meu ver existe uma diferença entre erro de foco e “soft-focus” que geraria um efeito similar de baixa nitidez/contraste. Digo, se fosse apenas a aparente falta de nitidez no rosto dele, misturado com esse contra-luz e um momento espontâneo, a foto teria um ar de suavidade de forma mais natural. Entretanto, ao menos aos nossos olhos mais atentos, percebe-se o foco na parte de trás da cabeça e no capuz, o que “denuncia” de forma mais clara o “erro” de foco. Ao menos essa é a impressão que tenho.

Ainda assim, creio que o pessoal tenha comentado: um grande momento sobressai à qualidade de imagem.

Não vi nada fora de foco aí… :assobi:

Pareceu até um efeito feito no Photoshop para dar um ar de suavidade na foto… Se deixar ela em PB e aumentar o sharp dá pra fazer até um quadro…

Tenho vários clientes que curtem isso.

Vou tentar.

tenta lá… sério acho que vai ficar muito bom…

isso me lembrou uma vez que fiz um casamento e depois de entregar as provas já pré-editadas a noiva me pediu um favor, disse que a mãe dela reclamou que as fotos estavam assim… “muito focadas” na mãe dela, e ela não tinha gostado… resumindo a mãe da noiva, uma senhora não gostou de ver as rugas dela nas fotos… bem fazer o que né… dei uma ajeitada na “jovem senhora” que ficou uns 10 anos mais nova, nada muito agressivo também mas agradou a todos… depois dessa situação penso duas vezes se a foto está muito sharp ou muito soft… o nosso olhar as vezes é diferente do cliente.

eu pessoalmente não ligo se o momento for bom. Ainda mais se for documental/família e fragmentos do cotidiano. Tudo que for espontâneo, que captura o clima, o espírito do momento.

mas entendo q não serviria se fosse um evento com retratos formais (festas em geral), editorial de moda, etc.

Depende do propósito. Serve pra alguns casos e para outros, não.

Discordo q tenha q ser obrigatório pra qualquer tipo de trabalho. Exagero que beira a TOC. Tem casos e casos

Lee, sua resposta é coerente com sua com sua assinatura, já comentei que gosto dela!
Aliás acho que ela responde bem ao Thales…é o que eu diria a ele.
Eu gostei muito da foto, tem muito mais importância o que ele capturou do que o foco!

Como foto de família, ficou linda. Mas se é para outra família que não seja a sua, jamais entregaria. Em tempo, lembre-se que o fotógrafo é sempre avaliado por sua pior foto. Não entrego fotos ruins.
Pessoalmente amei a foto, rs…

Enviado de meu Moto G (5) Plus usando Tapatalk

Gostei do seu ponto de vista. Bem justo.

Eu entregaria, mas deixaria pro final. Até porque já entreguei algumas assim… Mas também não sou fã da nitidez absoluta que a maioria aqui parece gostar.

Sobre a esposa e irmã gostarem, se elas forem o cliente, tá valendo 100%. Eu diria que o público hoje tá muito menos preocupado com isso; porém, se o cliente quiser forçar um desconto, vai reclamar de todas as pequenas coisas possíveis.