Fotografia UV

Olá, amigos!
Já acompanho há bastante tempo o fórum e venho pedir uma ajuda.
Sou bióloga e trabalho com coloração UV de penas. Queria inserir a fotografia UV na minha pesquisa, mas depois de alguns meses correndo atrás :aua: , vi que é um processo bem caro e/ou complexo. Envolve adaptação das câmeras, removendo-se o filtro UV/IR do sensor e lentes raras e bem caras.
Mas vi tbm que algumas câmeras são mais sensíveis ao UV (daria pra usar sem modificações no sensor) e algumas lentes são um pouco transparentes ao UV, mesmo sem a intenção de serem.

Enfim, queria saber se alguém aqui tem experiência com o assunto e poderia me dar algumas dicas mais concretas de como conseguir um equipamento bom o suficiente, mas sem valores surreais demais (lembrem que o governo vai rir da minha cara se eu pedir grana pra uma lente de 5 mil dólares haha)

Abraços!

Queria ajudar, mas não tenho conhecimento suficiente… Nem sei o que é coloração UV :confused:

Obrigada mesmo assim Bruno! =)
É coloração Ultravioleta. Invisível para humanos, mas visível para algumas aves, insetos, répteis, peixes… Aqueles UVA e UVB que vemos no protetor solar, sabe? Enquanto que nossa pele absorve parte dessa radiação (o que causa envelhecimento e câncer), as penas e flores, por exemplo, refletem.

A fotografia UV é uma forma de enxergarmos essa radiação, tipo nessa imagem aqui. Nós vemos a da esquerda e as aves e abelhas veem a da direita.

Forcato, sou biólogo de formação também, fiz meu doutorado com escorpiões. Os escorpiões refletem luz UV, ficam fluorescentes, e é dessa maneira que costumamos fazer nossas fotos para artigos científicos. Não fazemos nenhuma modificação na câmera, apenas utilizamos lanternas de luz UV para iluminar o animal, e a luz UV refletida é registrada normalmente na câmera.

No entanto, sei que é um processo diferente no seu caso. Mas pergunto, será que iluminando as penas com uma lanterna de luz UV, em local totalmente escuro, você não poderia conseguir um resultado interessante? O maior problema acho que seria recuperar as cores originais na pós, mas acredito que os padrões de coloração UV seriam registrados. Acho que vale a pena fazer um teste…

Outra pergunta, todas as penas apresentam essa coloração UV? Se sim, eu posso tentar fazer um teste. Provavelmente na sexta feira ira para a universidade fazer mais algumas fotos dos escorpiões, daí posso pegar alguma pena emprestada com algum colega ornitólogo.

Abraços

Oi, Humberto! Fico feliz de achar alguém que trabalhe com o assunto, trabalho no Museu Nacional e aqui no RJ, que eu saiba, sou a única na área, fico meio sozinha rs.
A câmera e a lente que vcs usam são normais? Pq vi que as D40 e D70 são bem sensíveis ao UV, mas sempre se fala dos coats das lentes normais. Certamente testarei essa ideia da lanterna!

Não são todas que refletem não. Geralmente as verde-claras, azuis e pretas meio azuladas (tiziu - Volatinia jacarina), tbm as com um brilho meio lilás (Tangara palmarum). Mas todas as cores podem apresentar UV, tem que ir testando mesmo. De vc pudesse fazer esse teste eu ficaria imensamente grata! Estou correndo atrás disso para o mestrado.

Oi Pelo que entendi você não quer fazer fluorografia e sim fotografia UV mesmo, ou seja, registrar o padrão UV refletido pelas penas, da luz do sol. Não é tão simples, e é praticamente o mesmo problema prático da fotografia IR.

Em primeiro lugar, você precisa de uma sem o filtro UV/IR que normalmente está sobre o sensor. Pode levar a câmera a um técnico de confiança para a retirada. O filtro deve ser substituido por um vidro de igual espessura caso contrário o sistema de foco automático não funcionará.

Depois disso, será necessário um filtro passa-alta (high pass) com corte no extremo do espectro visivel, algo em torno dos 400 nanometros. Esses filtros não são baratos. Tecnicamente são chamados de shortpass filters. Você pode encontrar esse tipo de filtro na Edmund Optics.

Se for foto em laboratório, com fonte de luz controlada, talvez só o shortpass baste. Caso contrário um outro filtro com bloqueio forte no visivel seja necessário. Existem outros tipos de filtros, como os dicróicos mas são bem mais complicados de usar. O mais provável é que necessite de um bandpass + shortpass.

Se for foto na natureza sob luz solar com certeza precisará de pelo menos 2 filtros, talvez até 3.

Quanto as objetivas, quanto menos elementos, melhor. Tripletos são as mais indicadas.

Boas câmeras para isso são as Sigma SD-14 e SD-15, nas quais o proprio usuário pode remover o filtro IR/UV. As vezes você encontra usada no Ebay.

Existem filtros menos técnicos que podem funcionar no seu caso, o B+W 403

Poxa… Isso foi uma aula!!!

Lembro que anos atrás a Fuji produziu uma rara variante da S5 PRO, chamada IS PRO.

Ela fazia apenas fotos em infravermelho.

AFShalders, é isso mesmo que procuro e é essa toda a problemática que estou enfrentando. Muito obrigada pelas dicas de câmeras, me ajudaram muito!

Sunriser, já cheguei a ler sobre essa câmera sim. Ela é voltada mais ao infravermelho mesmo. Sua sensibilidade ao UV, ainda que existente, é bem baixa se comparada às câmeras com filtro convertido.

Humberto, fiz o teste com com a lâmpada de UV e realmente não serviu para o meu caso. O caso dos escorpiões é a fluorescência mesmo, não a reflectância do UV. Mas já tinha lido uns artigos sobre fluorescência em papagaios e fiz o teste e foi muito interessante. É provável que me renda alguns trabalhos! rs Muito obrigada pela ajuda!

montei um protótipo de câmera UV, com uma Nikon D40, essa câmera vinha de fabrica sem o filtro interno de bloqueio da luz UV, montei uma lente de sílica que é um material que não bloqueia luz UV, na frente da lente coloquei um filtro Baader U, que bloqueia luz visível e deixa passar somente a luz UV. Para a iluminação montei um flash Vivitar 285, que emite luz UV e também luz em outras frequências, mas possui um filtro UV que precisa ser removido. Funcionou mas a foto ficou meio avermelhada, não gostei muito do resultado, no meu instagram tem uma foto que tirei com esse protótipo, instagram rodrigo_fco_santos

Tenho dois iluminadores UV a venda (tenho 4, por isso dois deles estão a venda). Mais detalhes em [VENDO] Bazar 3D do JVc - Lentes 400 F5.6L, 10-18STM, 85 F1.8, 24-105L

Depende do Baader, tem vários, mas a maioria deles deixa passar uma boa quantidade em alguma parte do espectro visivel. Tem que ser o Baader-U ou o B+W 403. Outros filtros deixam passar IR junto com o UV, ai ferra tudo.

Mas tem que lembrar de algumas coisas importantissimas:

  • O sensor da câmera não é muito sensível ao UV, ficando restrito ao UV próximo. Por exemplo UV de 330 nm para baixo quase não registra, mesmo sem o filtro de bloqueio interno.

  • Tem que bloquear o visível e o IR, senão não ajuda muito

O que precisa é de um filtro passa-alta com corte em 390 nm