Fotometria com flash

Amigos do fórum,

Como aparece na minha assinatura, eu uso a Canon Rebel 300D com seu flash original e gostaria de esclarecer uma questão:
Quando estou compondo uma fotografia, quase sempre em locais de baixa iluminação, com BG escuro, situação típica de uma libélula pousada numa vegetação escura, ou na sombra, eu compenso a exposição até zerar o EV, aquela barrinha que aparece no visor, mas se eu aciono o flash para melhorar a luz, a exposição vai ficar superexposta pois fotometrei sem flash.
Pergunta 1- A camera compensa automáticamente o flash?
2- Devo sub-expor a foto para compensar?
Devem se perguntar se depois de tanto tempo fotografando ainda não li sobre isso, mas as perguntas e respostas diretas são muito mais esclarecedoras.

Muito Obrigado e um abraço à todos.

Paulinho Cé

O flash deve estar superexpondo por estar muito perto. A Canon só começou a integrar a distância para cálculo da exposição do flash a partir do E-TTL II, com a 350D.
Tenta usa o FEL *, ou compensação de exposição negativa para o flash. Tem que ter o hack de firmware para isto.

Outra coisa que se tem que ter cuidado é com o método “auto-focar e recompor”.
O sistema da Canon de E-TTL vai calcular a exposição do flash em função do ponto onde foi realizado a focagem, portanto quando recompor o assunto não está mais no ponto de foco escolhido, atrapalhando o flash, pois este usará este ponto como ponderador na avaliação de sua exposição…
Como dito acima, nesses casos é o FEL*.

Paulo, eu recomendo que você subexponha em pelo menos 1/2 ponto o primeiro plano (na verdade não sei se vc está compensando a exposição ou está ajustando a exposição no modo manual para uma exposição em 0EV, pelo que descreveu parece estar fazendo a segunda), como você não vai ter controle manual do seu flash (o flash embutido opera apenas em TTL), você precisa dar um “espaço” para que o flash dispare, o flash TTL vai disparar e a câmera vai respeitar o que você colocou na exposição manual, se você não der esse “espaço” o flash irá disparar (com a menor potência possível) adicionando luz ao quadro e tirando a exposição do primeiro plano do 0.

No seu caso a melhor coisa a fazer é baixar o firmware hackeado. Ele abilita o FEC na 300D.

Paulo, eu recomendo que você subexponha em pelo menos 1/2 ponto o primeiro plano (na verdade não sei se vc está compensando a exposição ou está ajustando a exposição no modo manual para uma exposição em 0EV, pelo que descreveu parece estar fazendo a segunda), como você não vai ter controle manual do seu flash (o flash embutido opera apenas em TTL), você precisa dar um "espaço" para que o flash dispare, o flash TTL vai disparar e a câmera vai respeitar o que você colocou na exposição manual, se você não der esse "espaço" o flash irá disparar (com a menor potência possível) adicionando luz ao quadro e tirando a exposição do primeiro plano do 0.
Léo, realmente estou usando o modo manual e zerando o EV. Leia-se 0EV. Não entendi à que voce se refere dizendo "dar um espaço". Voce poderia explicar melhor? Obrigado.

Seguinte, se você coloca a exposição zerada já com a luz ambiente no primeiro plano, ao adicionar mais luz você estará superexpondo a imagem, porque qualquer coisa que o flash disparar (mesmo que seja o mínimo que ele é capaz de disparar) estará adicionando luz ao quadro acima do que você tinha ajustado.
Quando você coloca uma ligeira subexposição você deixa uma quantidade um pouco abaixo de luz, permitindo que o flash entre para completar até 0EV, no caso da 300D uma subexposição de 1/2 ponto não necessitaria de nenhuma gambiarra para funcionar bem, povavelmente o flash vai entrar na mínima potência ou próximo dela para conseguir cobrir esse 1/2 ponto que faltaria na exposição.
Espero que tenha ficado um pouquinho mais claro… A Salete viu isso com mais detalhes no Workshop, pede para ela te mostrar na prática que acho que facilita bastante a visualização. :slight_smile: