Importar camera como gifit

Oi pessoal , minha irma mora nos EUA , tô querendo pegar uma máquina , dúvida que não quer se calar , ela vai me mandar como gifit , alguém tem noção do mínimo que ela pode declarar para um câmera de US$ 2.000 ??? Obrigado .

É preciso entender que todas (TODAS) as encomendas passam no Raio-X.
Então, independente de como o produto foi declarado pelo remetente, todos saberão que há uma baita câmera dentro daquela embalagem.

Sobre o gift, o limite é de US$ 50,00, desde que a remessa seja de pessoa física para pessoa física.

Só isso já joga as suas chances para praticamente zero. Se a sua encomenda for selecionada para inspeção pela Receita Federal, será taxada com certeza.

Grande e forte abraço.

Eu digo declarar metade do valor para pagar imposto sob US$ 1.000

O caminho é realmente jogar o valor da câmera para baixo, mas dificilmente escapará do imposto.

se importar como presente vai ganhar de presente um bom imposto de 60% ou mais… e se bobear o fiscal estiver de pá virada vai considerar que você quis dar o leo no imposto e vai super taxar.

câmera é algo fácil de detectar… dificilmente vai conseguir passar sem pagar imposto.

Trabalho no governo e tenho contato frequente com pessoas da Receita Federal. E lhe garanto que câmera é uma coisa que os caras conhecem até os modelos e trazem tudo na ponta da língua.
Se fosse um outro produto, algo pouco usual ou menos visado, talvez. Mas tentar enganar os caras com câmeras, whisky, celular ou notebook, sem chance.

Grande e forte abraço e boa sorte.

Muito obrigado !!!

x2

eles batem o olho e já sabem…

:frowning:

kkkkkk bem vindo ao Brasil… :clap:

Para a receita, não existe o conceito de gift, pura e simplesmente.

Ao pé da letra, o que vale é que se o valor do produto for de até 50 dólares e enviado por pessoa física, há isenção de taxas. Livros e programas também não são taxados, ou pelo menos não eram.

Qualquer coisa fora disso fica sujeita a taxação.

Se ficar caracterizado tentativa de fraude fiscal, ainda vai ter que pagar multa.

Melhor comprar aqui no Brasil, ou em último caso no PY.

Mandar a camera pelo correio, além de arriscado, é certeza de dor de cabeça, no mínimo pagando imposto.

Esse lance do gift, funciona, mas não pra isso. Tipo: vc tem roupas de criança que vc quer enviar por exemplo para a sua sobrinha… e custam US$ 30. Isso ai vai que vai… ou se fossem livros/revistas. Inclusive, livros e revistas passam batido mesmo em empresas de courier, como Fedex e UPS. Agora eletrônicos, produtos de informática… esqueça.

Não vai rolar mesmo… :smiley: :smiley: :smiley:

Mas olha só… Se ela mora nos States deve costumar vir ao Brasil visitá-los, não? Então ela pode trazer a câmera como de uso pessoal. Compra, pede pra ela mandar os manuais, cds, etc pelo correio e depois ela te traz a câmera “na mão”.

exatamente…

ou paga uma comissão para algum amigo trazer… muito mais seguro.

eu costumo fazer isso.