INFORME PMA 2005 - Acompanhem antes de comprar

Para os interessados em saberem as novidades das marcas algumas câmeras que serão apresentadas na PMA já foram anunciadas.
Acompanhem o andamento das novidades da PMA no site PMA 2005 Show Report da DPreview. Espero ter ajudado os futuros compradores. :slight_smile:

Legal, mas não tem nada que me interesse…Ainda…
Abraços,

Léo, só vão lançar ultra-compactas!?!?!?

Estamos curiosos para os lançamentos mais “potentes”. :slight_smile:

Estou esperando tbm.
Por enquanto só essas foram anunciadas, a feira será no final de fevereiro, então até lá deveremos ter muitos anúncios de câmeras.
Vamos acompanhar :wink:

Tá fraco mesmo… Tanto a Canon como a Sony só lançaram versões maquiadas de suas compactas, sem contar que a Sony tem a cara de pau de lançar várias versões de automáticas peladas com o CCD de 7 MP… E câmera de gente grande que é bom, nada :frowning:

Uma pergunta aos profissionais aqui do fórum.

Pessoal, quando são lançados modelos novos, os antigos têm seu preço reduzido?

Pior que não exatamente Alex… Ao menos na B&H, quando um produto novo é lançado, o antigo costuma sair de linha bem rápido. E em alguns casos o preço do antigo até sobe! Mas já vi caso de baixar também, lembro que quando lançaram a A75 por 199 dólares, a A60 que tava 150 dólares despencou pra 117,00! Mas ficou disponível por coisa de 1 semana ou duas só… E o pior de tudo, é que os modelos novos costumam vir mais caro mesmo, caindo o preço só após alguns meses. Exceções tem, como a Panasonic e a Fuji, que têm lançado câmeras com preços muito competitivos, no que chamam de marketing ofensivo mesmo… Mas não creio que seja o intuito deles manter essa tática pra sempre!

O que é uma pena, afinal, se o equipamento é bom, e um novo é lançado no mesmo segmento, deveria apenas ocupar o lugar do anterior, com este baixando o preço, isso ocorre em quase todos os segmentos, bem que as digitais poderiam seguir o mesmo sistema.

Afinal estava querendo esperar essa feira para comprar uma máquina, mas não que eu fosse comprar o último modelo, só queria que o preço caísse mesmo.

Obrigado

O que acontece é o seguinte, nos primeiros meses é necessário cobrar mais caro pra que o projeto se pague, e depois a câmera passa a ser vendida pelo seu real valor. Como a época de lançamento é quando mais se vende, natural que seja aproveitada pra pagar o investimento em projeto e desenvolvimento de processos industriais. No fim da vida da câmera, as vendas começam a cair (concorrência pressiona), e aí é necessário lançar um modelo novo pra manter a atenção do consumidor. O problema é que o modelo antigo consome recursos na linha de produção e na logística, e juntando isso ao fato das vendas estarem em queda, o mais lógico (pra eles) mesmo é tirar o produto de linha. O problema é que a indústria tá cada vez mais veloz nos lançamentos, porque a concorrência tá apertando ao despejar um marketing muito agressivo sobre as pessoas. Quer dizer, no fim das contas nosso próprio consumismo é que alimenta essa vida curta dos equipamentos :frowning: Mas é uma pena mesmo, tem muita coisa boa que podia estar à venda ainda, e com um preço justo (projeto pago).

Paralelo ao que o Georges falou, não podemos esquecer que estamos sendo beneficiados, já que o consumo influencia a tecnologia a avançar e a qualidade cresce. Prova disso é ver o quanto a fotografia digital evoluiu nos ultimos 5 anos. Poucos de nós tinham digitais no inicio de 2000. Vejam o que o avanço da tecnologia proporcionou.

Sem duvida, muitas máquinas boas saíram de linha para manter a maquina do capitalismo funcionando, mas a tecnologia tem avançado e favorecido a todos com isso.

Um abraço,
Fernando