Nikon D 50

B) Vejam o manual:

Bye

é verdade sim:

Estranho, baixei o arquivo mas ao abrir o Acrobat Reader avisa que está corrompido.

Eu abri, li, e não entendi a proposta da câmera. É uma câmera de 6mp, quando as de entrada já têm 8mp.

Também não entendi, quem sabe uma alternativa mais barata que a D70 para concorrer direto com a 300D?

É uma alternativa barata de entrada sim.
E gente convenhamos, quem precisa de muito mais do que 6MP?

A maioria dos usuários amplia absolutamente qualquer cópia que necessite com qualidade em 6MP, na verdade 6MP tem tanta ou mais qualidade em resolução do que os filmes de 35mm, não vejo muito porque entrar em uma corrida maluca por MP nas câmeras de entrada, mesmo profissionais podem operar com essa resolução tranquilamente, eu mesmo trabalhei 1,5 anos com 6MP e fazia até outdoor perfeito (na época que só eu estava com digital eu era um dos favoritos para outdoor porque os resultados das minhas fotos ficavam melhores do que os do pessoal que usava 35mm), então realmente não vejo muitos problemas para uma câmera em ter 6MP, a própria minolta lançou uma ótima câmera de 6MP junto com a 20D.
Acredito que a corrida agora deva ser mais por latitude e baixos níveis de ruído em alto ISO, resolução será importante apenas para usuários muuuuuuuito exigentes e que necessitem de aplicações que antes eram destinadas às médio formato e às grande formato… :slight_smile:

Leo, concordo com você serem as câmeras de 6mp equivalentes ao filme (se esse não for muito fino, é lógico), e satisfazerem amplamente o nível de entrada. mesmo assim em face das câmeras de 8mp disponíveis por 800 dólares uma de 6mp de entrada precisaria ser bastante mais barata, não acha?

Se for assim, é mais uma boa notícia.

Ivan

resta saber por quanto será vendida no brasil (loja e atravessador)…

Consegui agora pelo Emule.

Na realidade a D70 era pra ser essa camera, mas ela ficou tão boa (e um pouco mais cara também), que era necessário lançar uma camera para suprir essa lacuna.

Marketing, nada mais que marketing!

E que diminuam os preços!

Abraço,
Fernando

Concordo, Fernando. Não sei que loucura eles vão fazer, pois se cair muito o preço eles deixam de vender 8800 e 8400, mas eu penso que ela vai ficar em torno de U$750. Tudo é marketing. E tomara que resolvam o ‘moiré’, com isso acho q ela vai valer mt a pena, mesmo sendo 2mp menos que a EOS 350D.

Vejam a foto dela:

Só espero que façam preta tmb.

???
A B&H NÃO FAZ NADA PARA OS ANGUSTIADOS A ESPERAR?
???

Bye

Curti, mas tá mais frágil o aspecto que o Nikon style.

Também que prata “no way”, que tristeza essa mania os caras tem de fazer essas cam’s.

Guss,

Como já comentamos em vários tópicos aqui, na realidade as prossumers não vão ser substituidas pelas DSLRs devido principalmente ao seu custo com lentes de alta qualidade. A propria 300D está hoje no mesmo patamar da Pro1, no entanto, são equipamentos diferentes para fins diferentes. Volto a salientar que não acho uma DSLR uma cam. confortável para fotos do dia a dia. É muito pesada, visada pelos “alheios” e de dificil transporte. Se for pra levar para um passeio comigo, eu com certeza compraria uma Pro1 (claro, se não estou analisando outras marcas). Eu tenho minha 300D quase que exclusivamente para fotos sociais, e para os Workshops do fórum :).

Sobre o mioré, acho que uma consequencia do filtro low pass menos agressivo. Mas isso é questão de engenharia, já que a Canon não tem problemas com isso, mas possui um filtro muito agressivo. Coisas da engenharia de cada marca.

Abraço,
Fernando

Eu tbm acho que elas não concorrem, Fernando, o que quis dizer é que com preços mt próximos, vários usuários que em tese seriam prossumer users podem acabar adquirindo a SLR, mesmo sem necessidade, afinal é uma tendência humana. Basta observar a fissura com alguns que nunca imprimem nada querem câmeras com mais e mais megapixels.

Sobre a questão de SLR serem câmeras visadas, complicado julgar isso, eu concordo que são, mas moramos no Brasil, qualquer câmera aqui é visada, se vacilar até uma Canon Prima 35mm de R$80. As Panasonic FZ20 tem um design e acabamento um tanto parecido com uma DSLR, quem rouba esse tipo de coisa 99% das vezes é leigo, oportunista, não saberia diferenciar uma FZ20 de U$480 de uma Nikon D100 de U$1500 até sabe-se lá quanto, dependendo da lente.

O ponto é que mesmo não precisando de uma DSLR se fosse comprar uma Nikon 8800, com uma D50 custando menos eu levaria muito em conta, a latitude mais ampla, a versatilidade (pois eu posso começar com uma lente inferior, mas num futuro melhorar isso, ao contrário da prossumer q vc se prende a lente) e principalmente, baixissimo ruído.

Você n acha que fica complicado mesmo para o usuário médio escolher entre uma Nikon 8800 a U$900 e uma D50 a U$800, já inclusa uma lente?

Guss,

Eu acho que é uma tendencia humana mesmo. Mas eu acho que chega um momento que a praticidade pesa mais que a questão dos recursos. Por exemplo, hoje eu não compraria, talvez uma prossumer, mas uma compacta avançada (não entendo muito de compactas), mas algo com 6MP (que me renderiam boas ampliações no 20x25 que é o tamanho que eu gosto) e também poderia carregá-la comigo com facilidade. Mas é uma questão muito dificil de analisar.

A coisa é: todo mundo que acaba comprando uma DSLR acaba querendo uma cam. menor para levar, já que as reflex são pesadas e incomodas de carregar.

Mas eu concordo: o consumismo humano é o que faz essas coisas.

Abraço,
Fernando

alguem sabe as diferenças entre a d50 e a d70 e se possivel a d70s?