Novo adaptador Sony lentes manuais Leica (COM FOCO AUTOMATICO)

Rapazzzz !!! Será ?

No fredmiranda tem vários relatos de uso deste adaptador, parece que tem uns probleminhas de vez em quando mas que no geral está funcionando bem.

Cara! Que sacada!
Quem movimenta pra fazer o foco é o adaptador e não a lente…

Ele adaptou o conceito do freelensing para um adaptador. Tirei o chapéu… que sistema inteligente…

Obrigado por compartilhar!

www.nelsonlins.com

Achei engraçado quando ele disse “foco manual não é apropriado para fotografia de rua” quando praticamente todo fotógrafo de rua de renome usa lentes manuais e faz foco por zona. Até eu, com as minhas câmeras modernas com AF, só uso foco manual por zona quando fotografo na rua.

Enfim, será que esse sistema de mover toda a lente não causa problemas na imagem? O sistema de foco nativo só move 1 lente na objetiva, não o conjunto inteiro. Imagino que esse sistema deve ter limitações com certas lentes para focar muito perto ou no infinito, ou problemas de vinheta/fall off.

só funciona com determinados tipos de lente, dá uma lida lá depois.

Eu não fotografo em rua com foco manual por zonas.

(mas eu não sou de renome, tampouco fotógrafo!)

abraços!

Eu gosto do foco automático pra fotografar na rua… Embora use bem as lentes manuais que têm marcações de distância.

Quanto aos elementos movidos, depende da lente. A maioria das lentes “pequenas” (primes 30-55mm até f/1.8) mexem todo o barril interno durante o foco. Mas, se lembro bem, algumas Nikon têm aquele CRC (Close range correction) que é o elemento “flutuante” dentro da lente.

Verdade, fui olhar minhas lentes aqui onde o elemento frontal se move, e o elemento traseiro se move junto. Portanto o conjunto inteiro deve se mover.

Já quanto a usar foco automático na rua, eu não consigo. Se eu for esperar a câmera focar, confirmar o foco, me certificar que a lente acertou o alvo e somente aí reenquadrar a imagem pra finalmente poder disparar eu perco a foto. Tudo acontece tão rápido na rua… pra mim só rola fotografar pre-focando a distância.

interessante, consegue me contar um pouco como faz? joga sempre em f8?

Se foco manual fosse impecilho para fotografia de rua essa modalidade não teria existido antes dos anos 80. Vivian Maier que o diga …

Para mim, foco manual com pré foco e uso da escala hiperfocal é tudo de bom. Cansei de ver AF focando no ponto errado, principalmente quando está regulado para vários pontos.

mas aí só fazem street de dia né?

Justo o contrário, Carlos.

As marcas na lente te deixam saber que área estará em foco sem sequer olhar no visor. É muito eficiente e, com uma certa noção de distâncias, é rápido e não tem erro. Melhor que autofoco caçando no escuro. Excelente para fotografar “da barriga”, como muita gente de street faz.

Dá uma pesquisada sobre escala de distâncias, também sobre hiperfocal.

Abs!

falo pela questão da luminosidade Fernando, geralmente o hipertocal não está na abertura máxima.

50mm em APS-C (75mm equiv.)

http://uploads.tapatalk-cdn.com/20161015/0b37389bdef973cc32c075340fb389a8.png

Com o iso alto que as câmeras trabalham hoje em dia isso ficou para tras.

Por exemplo, com ISO 1600/3200 @ 4/5.6 dá para fazer muita coisa fácilmente. Principalmente escolhendo objetivas com comprimento focal mais curto nas quais o DOF é maior.

Por exemplo, em uma iluminação de rua típica, dá para usar tranquilamente 1/30s F4 e ISO 3200. Dependendo da rua pode até ser um ponto de diferença, em 1/60.

Não entendo essa mania de tudo ter que ser com abertura máxima.

não fotógrafo em aberturas máximas, muito pelo contrário, a questão levantada é pertinene pois no APS-C (onde me enquadro) há maior ruído no range até 1600 - 3200 e é daí que vem a observação.

não esqueçam que os novos sensores são isoLESS e não o contrário.

Sua NEX dá e sobra para isso. Qualquer Fuji faz. Qualquer EOS da 450D para cima.
Se não resolver, use um software de redução de ruido decente, como o Noiseware Professional ou o interno do DxO

Depende a distância focal da lente sendo usada, da distância que você se coloca em relação ao assunto, e da luz.

Normalmente eu me posiciono a 1 ou 2 metros das pessoas na rua. Na minha compacta (sensor APS-C, lente 28mm equiv.) a lente tem 16mm, e portanto eu uso f/5, foco em 1,5m de distância e tudo fica em foco entre 1 e 3 metros. Se a luz estiver bastante boa, eu coloco f/8, aí tudo fica em foco a poucos centímetros na frente da lente até mais de 6 metros de distância.

Se a pessoa estiver a mais de 2 metros de distância de mim, eu simplesmente giro a rodinha do foco manual toda pra direita, coloco o foco no infinito e o DOF vai ficar de 2 metros de distância da câmera até o infinito.

Simples, rápido, e eu não preciso ficar usando o AF que além de lento é impreciso.

Também é importante subir o ISO, ou tudo vai ficar borrado. O ideal é ter uma velocidade acima de 1/500, ou 1/200 na pior das situações. Na minha compacta o ISO máximo é 800, e eu coloco em 400 pra não deteriorar demais a imagem. Mas isso é porque o sensor Foveon é uma bosta em ISO alto. Em outros sensores APS-C dá pra tacar ISO 1600 ou 3200 de dia tranquilo sem perder qualidade.

Com a minha DSLR full frame, eu preciso fechar a minha lente 28mm em pelo menos f/8 pra ter o mesmo DOF da Sigma. Mas a 5D aguenta ISO alto melhor que a Sigma DP1, então eu coloco ISO 1000 ou 1600 durante o dia e a qualidade da imagem fica excelente. Se precisar colocar 3200 eu coloco também, não é problema.

O problema da 5D é que com lentes acima de 28mm já fica difícil focar por zona. Na minha lente 40mm eu preciso usar f/16 pra ter o mesmo DOF da Sigma DP1 com 28mm equivalentes em f/5. Usar 50mm nem pensar.

Full frame não é a melhor opção pra fotografar por zona na rua. A melhor câmera pra isso com certeza é uma com sensor APS-C ou 4/3. Não só porque o conjunto vai ficar menor, mas porque também porque dá pra usar uma abertura razoavelmente grande e ainda ter DOF grande, se você quiser desfoque de fundo ainda pra conseguir, e a qualidade em ISO alto vai ser muito boa.

valeu pelas dicas!

Não é a mesma coisa, mas quase.


Anos 80.

Não é pra mim foco por zona, não tenho noção nenhuma de medir distância em metros.

Inclusive essa foi minha maior frustração quando fui brincar com hiperfocal em paisagens, fora as lentes que não vem mais com aquela janelinha do foco com as marcações dos stops.

Caras, impressionante como se aprende lendo as respostas…
Uma dúvida, li ali sobre software de redução de ruído… umas dicas rápidas por favor… eu uso o LR e acerto a luminância ali em correção de ruido…

Não quero fugir do tópico, mas fiquei curioso agora…