Pra que uma compacta

Mamooth

Quero uma pra levar nas festinhas de familia :risada2:

Essa é maior que sua 400mm.
:slight_smile:

Quero uma pra levar nas festinhas de familia :risada2:
Tales, vc não vai levar ela para festinhas, as festinhas é que vão até a mamooth! :laughing:
Essa é maior que sua 400mm. :)
A 400mm é muito grande, eu quero essa pra levar no bolso da camisa...

:risada2:

Será que ela faz um macro descente?deve ser super divertido ficar deslocando na mão 1mm pra ca…1mm pra la…e a mosquinha ali…paradona, posando pra macro…

Po…uma digital desse tamanho deve ter uns 100 giga pixels, eheheheh

Leo, pode ir preparando um WS pra usar uma dessas…

MAMMOTH CAMERA WORKSHOP

mas esses caras da foto são fraquinhos…

Mas Tales,

Essas câmeras devem fazer fotos em grande ângulos como nenhuma outra faria. Não?

cara, hoje procurando um pouco mais, li sobre uma camera mamute com “filme” (sei la no qua aquilo grava :risada2: ) de 40x80. Considerando que isso é em polegadas, da uma distancia focal equivalente em 35mm de mais de 2000mm.
Cara! 2m pra um angulo de visão normal!

A minha 400mm é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais que uma ultra mega master blaster power plus advanced fish eye!!!

Já pensou indo para o meio fio debaixo do tunel da paulista com um treco desse, Mr. Tales???

Abraço,
Fernando

“A câmera “Mamute”, pesando 635kg quando carregada com sua placa de vidro de 225 kg, exigia uma equipe de 15 homens para sua operação. Contruída em Chicago, movia-se em um vagão de estrada de ferro projetado especialmente para ela. A revelação e a obtenção da cópia de uma de suas fotografias de 1,4 x 2,4m necessitava de 45 litros de soluções químicas. A câmera foi construída com a finalidade de fotografar um trem expresso de luxo; a fotografia obtida com seu incrível tamanho, impressionou de tal forma os jurados da Exposição de Paris em 1900. que recebeu o Grande Prêmio Mundial.”
Fonte: Life-Fotografia Manual Completo de Arte e Técnica.

O dificil não é comprar a máquina, é pagar os 15 operários, os 45 litros de soluções quimicas e um vagão de estrada de ferro…

Abraços!

Puxa, até que ela era levinha sem o “filme” :laughing:

Fernando, levar pro meio fio não é problema. O problema é rapidamente saca-la em plena Praça da Sé, a noite, monta-la sobre um tripé, fazer uma ou duas fotos, guardar, sair andando e ninguem ver pra me roubar (se bem que quem é o louco pra roubar a criancinha :risada2: )