Quem manda em mim e de quem sou um humilde servo

Em filme, 2007, abril

https://scontent-gru1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtf1/v/t1.0-9/11695028_10206820443860864_2950374609546402429_n.jpg?oh=b0483bc572470193d98a051e80ad677a&oe=562427A4

Ivan, gostei da foto, sei que você não gosta de cropar, mas acho que ficaria legal em formato quadrado.

Obrigado, Roberto.

Entendo sua proposição, não é a minha maneira de fazer, então entendo mas ficará assim mesmo. Mas sua sugestão é bem interessante, botei a mão simulando o corte e gostei também.

KKKK … Ivan
_ olhei somente a postagem e não entendi … depois que vi a foto , ai caiu a ficha , sim faz todo os sentido!

Gostei …

Sempre faço fotos da minha mulher de surpresa , ela não gosta - vejo ela mais natural , sem pose …
mas depois que ela vê , muda de ideia … !!!

Um relato :

Rapaz … digo constantemente pra minha mulher obrigado por existi e por nosso filhos e por tudo - as vezes ela não entende o porque ;…
Passei por uma situação muito chata ! e não a desejo a qualquer pessoa passar …

Descobrir um tempo atrás que meus rins estavam entrando em estado de falência … o medico na época deu uma previsão de fazer hemodiálise em pouco mais de 6 meses … conseguir adiar por quase um ano.

Foi quando comecei o tratamento dialítico (3 anos e meio ) - nesse tempo continuei trabalhando , mas não como o mesmo pique e pensava muito na minha família. Varias vezes vi minha mulher chateada - chorando as cantos - mas sempre se mostrava muito mais forte , até mesmo mais que a mim …

Entrei pra fila do transplante e estava aguardando… foi quando ela disse - vamos fazer os testes .
De inicio deram resultado excelente ; somos compatíveis e começamos uma nova etapa , ela precisou fazer uma cirurgia para deixar o organismo apto para o transplante , enquanto isso , minha saúde ficava cada vez mais debilitada … não conseguia acerta um meio termo entre os componentes do processo da diálise , e a pressão subia cada vez que "ficava preso a maquina " , dava picos entre 20/18:16/14 …

Pois bem , no ano passado fizemos o transplante - ela teve uma complicação e foi submetida as pressas a uma outra cirurgia - parar um sangramento interno ( usaram 4 bolsas de sangue ) … só soube desse ocorrido no outro dia após o transplante - fiquei péssimo - nos sabíamos dos riscos ; mas nunca imaginava em perder minha mulher desse jeito !

É por isso e outras que sempre digo a ela .

Mulher - essas sim são forte , sua capacidade de dá a vida , caiu , levanta - segue em frete e não se deixa abater por nada ; é afetuosa , é inteligente , é mãe , é tudo !

Abrs. :ok: :ok: :ok: :ok:

Obrigado e… Caramba, Mauro!

Vocês estão bem agora, não é? Uma vida difícil durante o tratamento e a busca dele.

Não sei como você está, tomara que esteja bem, e o mesmo vale para ela, mas, se me permitir um conselho, aprenda a fazer relaxamento de Yoga. Não, não estou dizendo que você seja ou esteja tenso, é outra coisa, é como um melhorador corporal muito bom.

O link abaixo é de um artigo-resumo que escrevi sobre o relaxamento, como fazer, suas dificuldades, chama-se Shavásana. Relaxamento em Shavásana. | Pensamento em Ziguezague

Quando passamos por problemas de saúde não é coisa simples, não é coisa rápida, não é coisa resumível para os demais. Há exatos 3 anos tive câncer no cérebro (lado esquerdo). Achei que ia morrer, embora tenha tido a sorte de rápido diagnóstico e cirurgia sem demora. Tive os sintomas em meio de julho de 2002, me operei em final de agosto de 2002, e passei por longo tratamento rádio e quimioterápico que durou 8 meses, mais ou menos, terminando em junho de 2013. Sobraram umas sequelas, basicamente o cérebro não gosta de lembrar nomes próprios, pessoas, ruas, marca do vinho, nome de lojas. Nomes próprios. O resto funciona direitinho -risos.

Dá uma lidinha no artigo, se não sabe ainda fazer.

Abraços grande
Ivan

Desculpem-me o erro. Os fatos de minha cirurgia foram em 2012, não 2002 como escrevi. Aliás, uma das sequelas é essa, de errar datas. Isto é, está completando 3 anos dos primeiros sintomas.

Caro Ivan , antes de nada - Obrigado pelo link … li e vou praticar !

Sim , a vida fica muito corrida e exaustiva durante o tratamento .

Poxa vida , seu relato - lembrou um amigo que passou pela mesma experiência .

Penso que quando se passa por um “problema muito grande” - dessa natureza , sairmos mas forte e mais vivos do que nunca - hoje tenho outro planos e penso em por cada um em pratica e principalmente - tenho uma outra visão da vida … vivo o hoje , o agora com mais vontade e dou mais atenção a pequenas coisa e gestos … vale a pena viver intensamente .

Um grande abraço .

Emocionante as historias de vcs!! que bom que todos estão bem e fotografando!! Saude a todos!!

Mauro;

Tente praticar, e não se aborreça se o pensamento fugir mil vezes. O jogo é esse, foge, a gente percebe e volta, aí foge, a gente percebe e volta, e você verá que em um momento a coisa quebra e diminui muito a fuga do pensamento.

Muito bacana o título e a foto :ok:

Engrandecedor o relato de vocês, Mauro e Ivan. Ajuda a nos lembrar da riqueza que é nossa saúde. Minha família passa por problemas difíceis nos últimos anos, sei bem como é.

Forte abraço e… saúde aos amigos.

Obrigado, Alexandre.

O título do post é uma maneira diferente de se declarar! :slight_smile: Mas é válida!

Desejo saúde a todos!!! :ok: