Velocidade, Abertura, ISO . .

Bem sou novo no site e sou um apaixonado por fotográfia, mas não sei nada sobre o assunto, comecei ler recentemente artigos sobre o oficio . . .
Comecei ler sobre, abertura, velocidade, sensibilidade (ISO), macro, enfim diversos assuntos que vejo essênciais para se fazer boas fotos, confesso que não entendi muita coisa, por isso peço auxílio aos colegas, que verificar esse site só tem fera no assunto, uma ajuda para entender, sei que preciso fazer um curso, mas o momento não é propicio financeiramente falando… a minha intenção não é se profissionalizar, e sim saber fazer boas fotos e entender sobre o assunto . . .
Tenho uma Fuji S5000 e uma Olympus C740, pelo que li são boas cameras com ótimos recursos . . . caros caso for possível ajudar eu agradeço imensamente, não quero ser abusivo em minha solicitação . . .desde já agradeço a ajuda de quem se disponibilizar . . .

Prezado:

São conceitos básicos de fotografia, e não é possível ensiná-los em uma mensagem, uma fez que a combinação disso é vastíssima.

Contudo, qualquer curso online de fotografia, gratuito mesmo, vai lhe dar a base necessária.

Minha sugestão é ler um pouco a respeito e então fazer perguntas tópicas. Essa questão sua é genérica demais.

Perfeito …
Por exemplo sobre abertura e velocidade que ao meu entender trabalham juntos.
Em que situações usamos uma grande abertura ou menor abertura ??

Nigazz, aberturas maiores causam maior efeito de desfoque e proporcionam maior luminosidade, aberturas intermediárias obtém, de regra, a máxima nitidez da lente, e aberturas menores proporcionam menos luminosidade e menos desfoque (vide profundidade de campo para entender isso). Sabendo dessas duas características, você deverá avaliar a situação em que usa uma ou outra. Exemplo, para conseguir aproveitar melhor um efeito de desfoque vc usa a maior abertura possível (valor menor). Por outro lado, vc fotografando uma cachoeira e querendo manter o movimento da água, vc diminui a abertura (valor maior) a fim de diminuir a luminosidade. Noutro caso, vc quer a máxima nitidez, no exemplo de uma lente que vai de F2.8~F8, geralmente F4~F5.6 oferece a nitidez melhor, vc troca o efeito de desfoque de F2.8 pela melhora na nitidez. Em resumo, são escolhas. Teriam vários exemplos ainda. É uma relação dinâmica onde vc pode jogar com os valores ISO, tempo de exposição e valores de abertura, não há limites, vc pode experimentar e experimentar e ainda haverá outras opções com outros resultados, o que importa é saber o que deseja e a partir daí joga com esses valores para obter o efeito desejado. Recomendo o que o Ivan falou, um curso básico de fotografia (tem muita coisa boa na Internet mesmo, veja o tópico sobre o curso da Nat Geo).

Olá Gustavo,

valeu pelas dicas, estou na procura de cursos on line gratuítos, não tem jeito vai ser necessário pesquisar e tirar as dúvidas com vcs aqui do site . . .

Valeu, mesmo . . .

Velocidade e abertura são duas variáveis de controle da quantidade de fotons que sensibilizam o filme ou o sensor. Contudo, embora ambas controlem a mesma coisa, leas o fazem de forma diferente e assim é relevante a escolha de cada uma delas.

Grosso modo, a escolha do diafragma determina o tamanho da abertura por onde passa a luz. Cada ponto de exposição da seqÜência 1.4-2-2.9-4-5.6-8-11-16-22-32-44-64 significa que pelo buraco passa metade da luz que passava pelo número anterior. Então, 1,4 é a abertura maior (há lentes ainda mais abertas) e 22 a abertura menor numa lente comum.

Da mesma meneira, a velocidade dobrando diminui a luz pela metade. Então em 1/200 passa a metade da luz que passa por 1/100

A conjugação das duas coisas produz a EXPOSIÇÃO. De acordo com o dito acima, 1/100s em f8 é a mesma exposição que 1/25s em f 16 e é q mesma exposição que 1/900s em f2.8, pore´m o efeito na foto não é o mesmo

Em 1/100 f8 = máxima nitidez no ponto de foco que a lente permite, com profundidade de campo mediana.

Em 1/25 f16 = bem menor nitidez no ponto de foco devido à difração, mas grande profundidade de campo, provavelemente chegando ao infinito. Geralmente usado para paisagens com um elemento importante em primeiro plano.

Em 1/800 f 2.8 = muito boa nitidez no ponto de foco e pequena profundidade de campo. Serve para retratos com fundo desfocado, por exemplo.

O ISO é uma outra variável e significa a sensibilidade do filme à luz. ISOs mais altos são mais sensíveis e mais granulados no filme e mais ruidosos na digital, mas permitem fotografar em condições de luz pequena. Tirando isso, não influencia nos itens acima, embora dependendo do ISO você poderá ter uma relação melhor ou pior de abertura/velocidade.

Veja esse…
Curso online de fotográfia da Kodak

Embora pirataria não seja algo que eu vá recomendar, vc encontra o curso da Nat Geo no eMule, pode baixar, experimentar, se achar que vale a pena, compre depois, muita gente acha que valeu o investimento.

Ivan,

com essa dica começo o meu curso on line, e também abriu o meu apetite para buscar mais coisas …
Mas deixa eu ver se entendi, qto maior o numero menor a abertura e captação da luz . . .

Gustvao Rm e Pksato
Valeu mesmo pelas dicas…

Mas deixa eu ver se entendi, qto maior o numero menor a abertura e captação da luz.

Sim, imagine assim um exemplo simplório:

(_) F4
(__) F2.8

Com a cortina mais aberta em F2.8 passa mais luz do que em F4, também como dito, quanto mais tempo permanecer aberta, novamente, mais luz. Qual a utilidade de saber isso? Bom, é lógica pura, se vc sabe que para uma situação hipotética a abertura F2.8 por 1/50 segundos fornece a luz ideal sem deixar escura, nem super-exposta a foto, porém vc tbm sabe que F2.8 diminui a profundidade de campo (provocando aquele efeito de fundo desfocado) e vc deseja uma foto que o fundo esteja tão focado quanto o objeto principal, vc diminui a abertura para F4, com isso reduz também a luz pela metade, para compensar e atingir novamente a situação de luz ideal tem duas saídas, aumentar o tempo de exposição para 1/25, ou dobrar o valor de ISO (se estava em 100, passe para 200 e assim por diante), conforme explicou o Ivan logo acima.

Corrigindo ali o Gustavo, aonde é F4.6, seria F5.6 =]

Pedro, na verdade é F4, e não F4.6 como eu disse, me perdi, corrigido já, rs. Mas como estamos falando da troca de 1EV com certeza não é F5.6, F5.6 daria 2EV partindo de F2.8.

Caramba . . .

vcs são feras mesmo … já começo entender algumas coisas

Valeu mesmo

Eu que não entendi…
Se tiver 5,6 e for pra 2,8 entra o dobro da luz né?
ou não??

Não, se estiver em F5.6, em F4 entra o dobro.
A cada passo vc tem exatamente o dobro ou a metade do anterior:

F-Stop/EV: F1.4 <—> F2 <—> F2.8 <—> F4 <—> F5.6 <—> F8 <—> F11 <—> F16 <—> F22 (esses f resultam da divisão entre a distância focal da objetiva e o diâmetro da abertura do diafragma).

Eu que não entendi... Se tiver 5,6 e for pra 2,8 entra o dobro da luz né? ou não??

Não.

De f1/2.8 (lembre-se que é denominador) para f1/5.6 entre 1/4 da luz. Entra 1/4 da luz em f1/5.6 em relação ao que entra em f1/2.8.

Fica assim:
f1/2.8
f1/4 = metade da luz anterior
f1/5.6 metade da luz anterior ou 1/4 da luz de f1/2.8
f1/8 metade do anterior, 1/4 de f1/4 e 1/8 de f1/2.8

Coloquei a coisa apresentada como fração para ficar mais fácil de entender. Quanto maior o número, menor o buraco e menos luz.

Então, que quanto maior o numero menor a abertura eu sabia.
Eu não sabia que do 2,8 pro 4 caia pela metade…
Valeu a explicação.

Os fabricantes escolhem uma escala de fatores “f” de forma que cada número represente o dobro de exposição do anterior (+1EV) - o que não significa o dobro da abertura do diafragma (se duplicasse o “furo” literalmente se teria 4X mais luz, pq quando se duplica o diâmetro do diafragma, QUATRO VEZES MAIS luz passa p o sensor). As aberturas e os fatores “f” aumentam não com o fator 2, mas com a raiz quadrada de 2 (1,4), daí F1.4 - F2 - F2.8, duplicando a cada dois fatores. Crazy. :doh:

Estou começando a entender
Gostei dessa “discusão” está me sendo util para aprender

O que vc s estão falando é somente de abertura??? Ou está envolvendo velocidade ???

Velocidade é dada em tempo de exposição em segundos.
1/250s.
1/60s.
1/90s.