Via Funchal - 24/09

Aeee, galera! Sábado fui ao Via Funchal cobrir os shows das bandas de heavy metal Akashic, Evergrey e Pain of Salvation…
dêem um olhada nas imagens e por favor, critiquem!!

agradeço a todos que me ajudaram no outro tópico da sala “Arte fotógrafica”…

abraços!!!

Putardo, gostei das fotos, bem fechadas e boa nitidez, pouco ruído visível mesmo em ISO 1600, mas a assinatura distrai um pouco.

Qual lente vc estava usando???

Abraço,
Fernando

Paulo, coloco a assinatura assim porquê tenho medo de pegarem as fotos…e olha que pegam mesmo, viu…

Fernando, fotografei todos os shows com a minha USM 75-300…

abraços a todos!

Olá Putardo !
Boas fotos, gostei principalmente das cores. Fotos em show tem essa vantagem, de poder aproveitar a iluminação do evento para criar.
Só uma ressalva para as duas últimas fotos, que ficaram muito escuras. E na terceira foto eu faria uma compensação de exposição em 1 ou 1 1/2 ponto, para deixar o músico mais definido e iluminado.
Abraços e continue assim !

Oi Guto…

também achei algumas fotos escuras…eu bati tudo em RAW…algumas, principalmente as do Pain of Salvation, eu dei uma pequena compensada, mas nada muito grande, pois eu não quis granular a imagem. Além disso, eu gosto assim, meio escuro, porque combina muito com o som que eles fazem…

valeu aí pela crítica!

um abraço!

Putardo, usou flash em alguma?
;o)

Não, Mari…foi tudo sem flash, no ISO 1600. quis ver como ficaria…e tb, acho que meu vivitar 283 não serve pra ela. tb nem testei.hehehe

a velocidade variou entre 1/100 e 1/125…com abertura 4.0 … mas ainda vou fazer outros teste no show do Pedro Mariano na sexta, se tudo der certo.

gostei das fotos, parabéns, só fica a resalva mesmo pras duas últimas muito escuras, mas o trabalho ficou bom

Gostei das fotos, bem fechadas e com lindas cores.

Também gostei das fotos, mas concordo com o Paulo em relação a assinatura. Acho que dá para fazer algo mais discreto…

Abraços!

Poxa, com a 75-300 mm em f/4.0! Sinceramente, gostaria muito de ver um “pega” entre a Rebel em ISO 1600 com essa lente e uma prosumer com sensor 2/3" em f/2.8 e ISO 400 (metade da luminosidade, portanto), porque cada vez mais vejo que as reflex, mesmo com lentes mais “escuras”, geram resultados superiores nessa configuração… Parecendo óbvio ou não, é que isso é tema de outro tópico, e eu realmente nunca vi fotos desse nível com uma prosumer de lente fixa e sensor pequeno que chegassem a tanto. Imagine se estivesse com uma 50 mm f/1.8 (80 mm na Rebel), e no pé do palco. Muito boas, parabéns Putardo!

Georges,

Alguns sites onde você pode ver fotos desse tipo feitas por prossumers:

Com Sony F717: Flavio Hopp
Com Sony F828: Ricardo Zupa

Abraço,
Dilton.

As fotos ficaram otimas, gostei de todas, mesmo as mais escuras.

Georges,

Alguns sites onde você pode ver fotos desse tipo feitas por prossumers:

Com Sony F717: Flavio Hopp
Com Sony F828: Ricardo Zupa

Abraço,
Dilton.


É Dilton, exatamente o que eu esperava… Bem mais ruído, menor nitidez (aí podem entrar tanto exposições mais longas como o acréscimo de tratamento de ruído), menor latitude luminosa, etc… Enfim, o cara precisa se desdobrar pra conseguir bons resultados (e ainda terá grandes limitações, como se vê nas fotos subexpostas e já no limite do ruído aceitável), o que me leva a crer que realmente o caminho para fotografar shows com qualidade de impressão, é o das SLR. Já pra web a exigência é bem mais baixa realmente.

Poxa, com a 75-300 mm em f/4.0! Sinceramente, gostaria muito de ver um "pega" entre a Rebel em ISO 1600 com essa lente e uma prosumer com sensor 2/3" em f/2.8 e ISO 400 (metade da luminosidade, portanto), porque cada vez mais vejo que as reflex, mesmo com lentes mais "escuras", geram resultados superiores nessa configuração... Parecendo óbvio ou não, é que isso é tema de outro tópico, e eu realmente nunca vi fotos desse nível com uma prosumer de lente fixa e sensor pequeno que chegassem a tanto. Imagine se estivesse com uma 50 mm f/1.8 (80 mm na Rebel), e no pé do palco. Muito boas, parabéns Putardo!
valeu pelos elogios, georges...mesmo!!!

e só pra constar…eu tava no pé do palco sim. Optei pela 75-300 porque no via funchal, que eu considero umas das melhores casas pra se fotografar, pela iluminação e pelo espaço para o pessoal da imprensa (mesmo quando tem muitos fotografos), eu acho que a distancia que os musicos ficam da beira do palco é grande. Por isso, uso essa lente que “puxa” mais, até porque gosto bastante das fotos mais fechadas.

Já no Cie Music Hall, eu fotografo com a 28-80 que fica muito bom tb.
Mas o lance é não ficar parado num canto, e sim se movimentar…apoiar o pé na grade do publico e mandar ver.

Conheço o trabalho do Zuppa e do Hopp, eles são das antigas nos shows, em especial de heavy metal…tem suas fotos nas revistas especializadas no estilo…e levam vantagem com a lente 2.8 das Sony deles…uma época chequei a cogitar alguma da Sony, mas finaceiramente, acabou compensando mais a 300D…até pq, o ISO 1600 se revelou muito bacana. Ainda vou fazer o teste da impressão em papel, mas por enquanto, nao tenho reclamações.

abraços!