Vocês costumam ajustar as imagens que capturam?

Quem costuma ajustar as fotos digitais que captura ???
Em que casos você ajusta ??? Todas as fotos ??? Em casos específicos ???
Como você faz esses ajustes ??? Digo, que tipos de ajustes (nitidez, curvas, contraste, …) ???
Que programa você usa para fazer os ajustes (Photoshop, Paint Shop Pro, …) ???

Como eu não tenho nem muito domínio sobre o PS e nem muita paciência para a edição das fotos, acabo só trabalhando com shadow/highlight, contraste, saturação e, e às vezes, unsharp mask.

Poxa, minha preguiça me sacaneia as vezes, por isso eu usava o Picasa quando tinha o Windows, agora com o Linux é o Digikam.
Claro, eles não fazem coisas realmente sérias como o Photoshop, mas dão uma boa enganada se você tá totalmente perdido ou se o pc não é lá graaandes coisa pra aguentar um PS.
:slight_smile:

Olha a Fabiana do flickr, não tinha te ‘visto’ aqui. :slight_smile:

Eu uso basicamente curves (de leve pra dar um pouco de contraste) e USM. Às vezes corrijo a exposição pelo levels.

Em PB idem, adicionando a conversão pelo channel mixer e o abuso do contraste.

Tudo no photoshop CS2.

Quando faço muitas fotos iguais, como aniversário da família, show de amigo, coisas pessoais, eu uso um action para fazer tudo de uma vez.

abraços

Bem, como uso linux e windows, uso um pouco de tudo. Meu linux fica o tempo todo no ar? se quero fazer algo muito rapido, uso o digikam, apenas pra corrijir automaticamente as cores e contraste, ou pra converter pra PB, que na vers’ao 0.7.3 tem uns filtros muito bons pra isso Pra um pouco mais de liberdade, por exemplo pra ajustar niveis, curva, contraste, cores, converter RAW (apenas pra uma conversao mais rapida com alguns ajustes), aplicar alguns efeitos usando camadas (to comecando a aprender) e aplicar unsharp mask, vai tudo no Gimp. Agora, se quero um trabalho bem mais detalhado, uma conversao de RAW com muito mais controle, aplicar um sharp usando uma ferramenta melhor…ai carrego a maquina virtual windows dentro do linux, e abro o photoshop cs2. Minha maior necessidade de usa-lo e pra conversoes melhores de raw e pra aplicar o smart sharpen, que e beeeeeem melhor que o unsharp mask do proprio photoshop, e so tem a partir do cs2. E tambem pra aplicar alguns filtros que so tem no photoshop (neat image pra reduzir ruido e photozoom pro quando quero ampliar uma foto na revelacao).

Se nao fosse a conversao de raw fraquinha e a falta desses plugins e do smart sharpen, o gimp seria a ferramenta perfeita pra mim.

Ps.: to dando um jeito na conversao do Raw. Como sou analista de sistemas, to comecando a desenvolver minha propria ferramenta d econversao. Quem sabe daqui aalguns anos… :stuck_out_tongue:

Sempre ajusto o que for necessário pelo PS.

Mesmo porque a maioria das minhas fotos eu faço em RAW, o que exige que eu faça no mínimo a conversão e ajustes básicos.

Acho que o tratamento de imagem é muito relativo e depende do que vc quer fazer com a imagem.
No meu caso (salvo as fotos que não serão impressas e nem publicadas na web) eu sempre trato elas (importante: tratar é diferente de fazer montagem).

Qdo vou fazer tratamento de imagem, analiso foto por foto, pois cada uma tem uma necessidade diferente (cada caso é um caso e até uma action é difícil de se aplicar no meu “fluxo digital”).

Por exemplo, qdo tenho uma foto muito poluída, com muitas cores e elementos, como uma foto de festa de aniversário ou um parque de diverções, eu só faço o básico (Unsharpen Mask, Sharpen, Saturação (qdo necessário), Brilho/Contraste (qdo necessário) e Autolevel (tb qdo necessário)).
Qdo tenho uma foto mais bem elaborada, simples, objetiva, com poucas cores e elementos, eu capricho ao máximo no processamento e busco usar todos os recursos que sei (ou possíveis) para deixa-la impecável ou o mais próximo disto.
Nestes casos, além dos recursos que já citei, minha principal ferramenta é o “selectiv color” (que eu acho algo chato, complexo, trabalhoso e muito subjetivo). Mas também trabalho muito com o general blending, color e gradient overlay, color balance, levels, curves, opacity e claro… combinações de layers. Também não dispenso o profile de cores (que sei pouco, mas tento arriscar algo).

O programa que uso para fazer isto é o famoso “pornoshop”, mas como eu fotografo exclusivamente em RAW, também uso os programas Raw Shooter e o ACR (cada um deles também demandam bons ajustes de processamentos como white balance/temperatura de cor, light, shadowns, vinhetas, etc etc etc…)

E eu não me importo o qto tempo leva para ajustar cada imagem do meu gosto, pois tenho a tendencia de perfeccionista (embora não radical). Mas com a prática, vc vai ficando rápido.

(desculpe pelas palavras em inglês ai, mas como meu pornoshop é nesta lingua, tenho dúvida de como é a sua tradução para o português)

Ah! pra que usa o PS apenas pra esses ajustes basico (cores, contraste, curvas, saturacao…), faz trabalhos com camadas e aplica unsharpen mask, definitivamente deveria experimentar o gimp. Inifinitamente mais rapido, tem todas essas funcionalidades e eh free (nada de pirata, ele eh completamente gratis, livre mesmo, pode baixar ate o codigo fonte e alterar (so pra que quer mesmo :P)).

Ele so peca na falta de plugins e na conversao do raw. Ela me quebra um grande galho, mas quando quero tratar de forma mais refinada, tenho q esperar uns 20min a 30min ate carregar o windows e o photoshop…

Exemplo de um tratamento que faço:

Foto da direita é a imagem crua que saiu da câmera, sem qq alteração.

Foto da esquerda, processada no pornoshop, onde usei apenas: Hue/Saturation, Color Balance, Selective Color e Sharpen.

Gimp é rápido, mas eu não troco nem pelo PS6. rs

PS é f***.

abraços

Murilo,

Não gostei do céu esverdeado. Foi proposital?

abraços

Murilo,

Não gostei do céu esverdeado. Foi proposital?

abraços


Sim

Eu já curti o tom usado, eu sou meio contra W/B certinho no branco heehheh!

A edição de imagem é a continuação do trabalho do fotógrafo, e mais, no caso do JPEG ela é o “ajuste fino” do tratamento que a câmera já aplicou. Condene o Photoshop e teremos de condenar também todos os filtros. O problema é que o PS não é apenas uma ferramenta poderosa, ele é também muito acessível, de forma que com o uso pelas massas acabou se tornando sinônimo de “montagem”, de intervenção radical na imagem. Ao aplicarmos um sharpen no PS, não é diferente de deslizarmos o controle de sharpness pra algum pre-set da câmera, ao trabalhar com JPEG. O RAW então nem podemos comentar, pois é um formato totalmente cru, que necessita de conversão e pós-processamento. Faço o básico no PS com todas as minhas fotos (shadows/highlights, exposure, levels, curves, unsharp-mask, filters, etc), e acho a edição uma extensão natural do trabalho de fotografar, e gostaria de lembrar que uma foto ruim será sempre ruim, independente de ser muito trabalhada no PS.

Danilo, nao sei qual versao do Gimp vc usausou, mas eu troco tranquilamente…

Leo, vc usa WB errado tambem nas fotos das modelos? :stuck_out_tongue: :lol:
Eu gosto de WB errado, mas mais aquele estilo gerado por revelacqao cruzada. Nem e mui WB, acho que e mais saturacao e cores mesmo :smiley:

Para ajustes rápidos eu prefiro o Nikon Capture. :wink:

Eu queria aprender a mexer bem no Photoshop, cada vez mais eu percebo que é uma coisa essencial para fotos com boa qualidade.

Ainda penso que um dia vão existir câmeras que “saibam” exatamente como você quer a foto. Mas isso ainda demora uns bons anos.

Para ajustes rápidos eu prefiro o Nikon Capture. ;)
Bom, pras minhas fotos em RAW eu ate gostaria de usar o nikon capture, mas infelizmente nao tenho uma nikon :P

E como eu acho que o Gimp cumpre maravilhosamente bem o seu papel, fico com ele (mas infelizmente ainda tenho que usar a tranquera do windows so pra tratar com mais primor as minhas fotos em RAW :frowning: )

Danilo, nao sei qual versao do Gimp vc usausou, mas eu troco tranquilamente....

Leo, vc usa WB errado tambem nas fotos das modelos? :stuck_out_tongue: :lol:
Eu gosto de WB errado, mas mais aquele estilo gerado por revelacqao cruzada. Nem e mui WB, acho que e mais saturacao e cores mesmo :smiley:


Ahhhh eu puxo cor sim viu??? E não é raro, nas fotos do SPFW mesmo tem várias puxadas, eu não gosto muito de branco no branco, acho que as fotos ficam sem vida.
Antigamente eu puxava usando filtros Warm e Cooling, agora ficou um pouco mais fácil, se bem que ultimanente tenho usado a câmera em day light com filtro cooling (82) nas minhas fotos em tungstênio e tenho obtido um resultado bem legal, ainda não achei o ajuste parecido no PS, enquanto isso vou fazendo com o filtro, mas assim que eu descobrir o ajuste de PS que seja semelhante eu abandono o filtro novamente hehehe!

Interessante Leo. Eu sei que a maioria não pensa assim, mas para mim quanto mais a foto vier pronta da camera e me der menos trabalho no tratamento, melhor!

:slight_smile: